Wellington Dias é diplomado para o quarto mandato de governador

O governador Wellington Dias (PT) foi diplomado, na noite desta segunda-feira (17), para o seu quarto mandato como Chefe do Executivo Estadual, durante cerimônia que ocorreu no auditório do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), localizado no centro de Teresina, e foi comandada pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI), desembargador Sebastião Ribeiro Martins.

Além de Wellington, a sua vice Regina Sousa (PT), os senadores eleitos Ciro Nogueira (Progressistas) e Marcelo Castro (MDB), seus suplentes, 30 deputados estaduais, 10 federais e 5 suplentes de cada coligação também foram diplomados.

Sebastião Ribeiro falou sobre o processo eleitoral nestas eleições no Estado: “O processo eleitoral começa com as convenções partidárias, depois nós temos o registro das candidaturas, a propaganda eleitoral no rádio e televisão, em seguida a preparação para as eleições com a logística das urnas, a requisição das forças federais, depois as eleições em dois turnos, a apuração eletrônica e por fim, hoje, nós temos a diplomação que é o ato formal da Justiça Eleitoral em que reconhece os candidatos eleitos, foram diplomados 79 candidatos eleitos e cinco suplentes de cada coligação”, explicou.

O desembargador destacou ainda a tranquilidade que foram as eleições: “Essas eleições foram uma das mais tranquilas das últimas décadas do estado do Piauí, graças também até a própria legislação eleitoral, porque nesse ano a grande novidade foi a de que não era considerada propaganda antecipada quando não havia pedido explícito de voto”, afirmou.

Desafio

Prestes a iniciar o seu quarto mandato, Wellington Dias garantiu disposição e destacou que o maior desafio será a educação: “Podem esperar a disposição de trabalhar muito, de cuidar do Piauí. O maior desafio é cuidar da educação, é uma área que entramos no século XXI muito atrasado, uma área que das três colunas do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) foi a que mais cresceu, mas nós tínhamos o IDH de 0,3 nessa área, era muito baixo mesmo, então ainda temos que estimular pessoas já com mais de 15 anos a voltar a estudar, e ao mesmo tempo trabalhar para descentralizar cada vez mais a profissionalização”.

Wellington disse ainda que vai trabalhar para diminuir o desemprego e que o assunto já é pauta no Fórum dos Governadores: “O desemprego, do ponto de vista econômico, é um desafio e esperamos que a gente tenha uma ação combinada a isso, estamos tratando pelo Fórum dos Governadores com o Governo Federal, será pauta prioritária no mês de fevereiro, onde estimulando uma ação conjunta com municípios, estados, Governo Federal, setor privado, possamos abrir oportunidades para o empreendedorismo, e com mais empreendedorismo teremos mais emprego, esse é o caminho”, declarou.

Reforma administrativa

O governador voltou a defender a reforma administrativa: “É preciso se adequar a nova realidade do Estado. O objetivo é complementar aquilo que nós programamos lá atrás, queremos chegar em 2022 com alto desenvolvimento. Não é um desafio pequeno porque fica uma elevação de patamar em relação a educação, expectativa de vida e renda. Vamos trabalhar juntos, todos os diplomados, temos a obrigação de cuidar do Piauí”, declarou.

Com informações GP1

Curta a página do Portal Diário do Norte no Facebook: Portal Diário do Norte

Deixe uma resposta