Suspeito de homicídio em Parnaíba é preso em Buriti dos Lopes

No início da manhã desta segunda-feira (26), a Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios de Parnaíba, com o apoio da equipe da Delegacia de Buriti dos Lopes, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Jhonyston Carvalho da Silva, vulgo “Galego”, acusado homicídio qualificado.

De acordo com o delegado Eduardo Aquino, da Delegacia de Homicídios de Parnaíba, o suspeito foi preso em uma oficina mecânica. “Os investigadores das duas delegacias prenderam “Galego” na cidade de Buriti dos Lopes, onde o mesmo estava trabalhando normalmente em uma oficina mecânica”, contou.

O delegado disse ainda que Jhonyston Carvalho participou de um assassinato no ano passado. “O indivíduo foi indiciado como coautor do homicídio cometido contra a vítima Cledilson Sousa da Cunha, vulgo “Nêgo Cledilson”, ocorrido no dia 24 de setembro de 2016, na Rua Pedro I, bairro Broderville, na altura do entroncamento de acesso ao Conjunto Dom Rufino, em Parnaíba”, explicou Eduardo.

Segundo as investigações da Polícia, no dia do crime “Galego” pilotava a motocicleta de sua propriedade, uma Honda Tornado de cor azul, enquanto o executor do crime realizou os disparos contra a vítima, que morreu no local. O atirador Maurício Cunha se encontra preso preventivamente pela prática do homicídio desde o final do ano de 2016.

A motivação do crime seria ligada a cobrança de dívida relacionada ao tráfico de drogas. Jhonyston deverá ser transferido para o sistema prisional de Parnaíba nas próximas horas, onde permanecerá à disposição da justiça local.

Fonte: Portal GP1

Curta a página do Portal Diário do Norte no Facebook: Portal Diário do Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *