Polícia Civil indicia cinco pessoas no acidente fatal da BR-343

Um ano após o grave acidente com carros de luxos na BR-343 que deixou duas vítimas fatais entre Campo Maior e Altos, a polícia concluiu que um ‘racha’ provocou a tragédia e indiciou cinco pessoas. O crime foi definido como corrida ou disputa automobilística qualificada pelo resultado morte.

Em 18 de março de 2018, Pedro de Barbosa de Carvalho Filho e José Luís de Paiva Igreja morreram no acidente Imagens de câmeras de segurança gravadas minutos antes ajudaram a perícia a definir a velocidade média dos carros, em torno de 170km/h.

De acordo com a reportagem da TV Cidade Verde, os indiciados são José Luís de Paiva Igreja (vítima fatal), José Alves Santana Neto, Luís Gustavo Alves Soares, Fabrício de Almeida Silva e Deivisson José dos Santos Lima.

Segundo reportagem da TV Cidade Verde, mais um motorista pode ser indiciado. A perícia não informou a velocidade de um sexto carro de luxo envolvido no racha.

O delegado responsável pelo caso vai pedir a prorrogação do prazo para investigar também o motorista de um Gol de cor vermelho.

Se forem condenados, eles podem pegar de 5 anos a 10 anos de cadeia.

Com informações Cidade Verde

Palavras-Chaves: ,

Curta a página do Portal Diário do Norte no Facebook: Portal Diário do Norte

Deixe uma resposta