Acusados de matar agente penitenciário em Parnaíba são presos

Dois homens identificados como Cândido de Souza Araújo e Rauellison de Souza Araújo, e uma mulher identificada como Marcilene Leonardo Ferreira, foram presos na manhã desta quarta-feira (09/05), acusadas de assassinarem o agente penitenciário José Silvino da Silva, no dia 22 de novembro de 2017, em Parnaíba.

Marcilene e Cândido foram presos, respectivamente, nas cidades de Castanhal, no Pará, e em Porto Velho, em Rondônia. Rauellison já estava preso na Casa de Custódia, em Teresina. As prisões aconteceram durante a Operação Perseverare, executada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), Delegacia de Homicídios de Parnaíba, e das Polícias Civis do Pará e de Rondônia.

Questionado sobre a motivação, o delegado explica que a polícia trabalhou com duas possibilidades. “Primeiramente nós trabalhamos com a possibilidade de latrocínio, já que a vítima veio ao falecimento; mas depois agora com as prisões vem se aclarando a motivação com uma questão de vingança. A Marcilene presa na cidade de Castanhal, no Pará, já relatou e deu sua versão dizendo que o Cândido havia matado a vítima porque havia reconhecido o agente no momento em que estava passando de motocicleta com o Rauellison e que não gostava dele, pois ele já havia tido passagens pela Penitenciária com o nome falso de Bruno. Então tudo indica que foi um homicídio praticado tendo em vista realmente a profissão do agente José Silvino, que era agente penitenciário”, explicou.

Fonte: GP1

Curta a página do Portal Diário do Norte no Facebook: Portal Diário do Norte

One thought on “Acusados de matar agente penitenciário em Parnaíba são presos

  1. Boa noite! Nasci em Parnaíba e muito pequeno vim para Criciúma – SC, sul, mas procuro sempre que possível saber .das notícias do Piauí. Parabéns, continuem com os informes. Um forte abraço do jornalista Eduardo Tonon Narciso da Rocha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *